Um produto que vem ganhando cada vez mais força no mundo corporativo é o Storytelling. “Story” significa história e “telling”, contar. Mais que uma mera narrativa, Storytelling é a arte de contar histórias usando técnicas inspiradas em roteiristas e escritores para transmitir uma mensagem de forma inesquecível para o público e consumidores.

Segundo o Professor de Storytelling, consultor e palestrante Max Franco, convidado desta semana do Programa Um a Um com Eduardo Santana, vivemos a era do síndrome do excesso de informações. “É tanta informação que a gente não consegue filtrar o que é informação, contra informação ou desinformação. Todo mundo fala muito de tudo”, alerta.

Sobre o que nós conversamos:

  • Storytelling
  • Segredos dos grandes empreendedores
  • Networking

Ouça a entrevista completa:

Resultado de imagem para spotify logo icon Ouça no Spotify

As referências deste episódio estão no final da página

Se você quiser saber mais sobre como eu consigo entrevistar esses profissionais incríveis, assista o vídeo sobre o BNI e veja como fazer networking profissional de forma objetiva e com processo para aproveitar sua rede de relacionamento ao máximo.


Empresas devem ter coerência naquilo que fazem com o que contam para conquistar a confiança e vender

Um produto que vem ganhando cada vez mais força no mundo corporativo é o Storytelling. “Story” significa história e “telling”, contar. Mais que uma mera narrativa, Storytelling é a arte de contar histórias usando técnicas inspiradas em roteiristas e escritores para transmitir uma mensagem de forma inesquecível para o público e consumidores.

“É tanta informação que a gente não consegue filtrar o que é informação, contra informação ou desinformação. Todo mundo fala muito de tudo”

Segundo o Professor de Storytelling, consultor e palestrante Max Franco, convidado desta semana do Programa Um a Um com Eduardo Santana, vivemos a era da síndrome do excesso de informações. “É tanta informação que a gente não consegue filtrar o que é informação, contra informação ou desinformação. Todo mundo fala muito de tudo”, alerta.

Para se diferencias, empresas e profissionais liberais precisam encontrar formas de se comunicar melhor e de forma assertiva com seus públicos. E o Storytelling, como forma de experiência, pode ajudar a empresa a transmitir melhor e a melhorar seus negócios, através de experiências, de narrativas e de histórias.

Diante desse cenário, quando sei que produto x é muito mais relevante que um outro produto? Franco responde: “Por causa da história desse produto. Não estou falando neste momento só da história que ele conta. Mas da história que ele mostra, que é realmente tangível, algo concreto. Não é balela, não é fake news. Temos que nos basear em histórias, tem que haver coerência entre a história que é vivida, concreta, e a história que se conta”, ensina

Mas simplesmente se utilizar dessa ferramenta não é o correto, conforme explica Franco. De acordo com ele, existem dois equívocos que as empresas cometem. Um é elas não terem um produto consistente, um produto que convença. Tudo tem a ver com a confiança. Ele até pode se sustentar por um tempo. Mas depois o mercado, as pessoas, a sociedade, vão olhar e dizer assim: ele está contando uma história que não é verdadeira. Então não tem sentido. Não é só ter uma boa história. É ter consistência.

Mas também não é só ter produto, serviço. É ter uma história, um relato. Algo que você possa contar e contar bem. “Às vezes contam mal. Contam mal suas histórias. Contam de uma forma que as pessoas não queiram ouvir. Nós estamos o tempo todo distraídos. Temos uma máquina de Storytelling em nossa mão, que é o nosso celular, que está o tempo inteiro contando histórias para nós”.

E quando utilizo a ferramenta e os resultados desejados não aparecem? Franco vai direto ao ponto. “Muitas vezes as empresas podem estar contando mal as suas histórias (justificar a falta de vendas). Pode haver um problema no produto ou serviço ou poder haver um problema enorme em não saber contar, em não saber mostrar para as pessoas a história do valor agregado, o valor que você realmente tem. Não está sendo capaz de contá-lo.”

Ele dá um exemplo. Uma empresa que fala de sustentabilidade, de meio ambiente, e ela polui. Neste caso, ele diz que a empresa não tem o que falar. “Ela não deveria falar nada porque não tem uma história coerente para contar”, recomenda. “Hoje em dia, com a disseminação das informações, ela (a empresa ou profissional) vai cair do cavalo. Vão chegar e dizer que o que ela fala não é aquilo que ela vive. Nem adianta contar uma boa história”, completa

Texto: Marcelo Oliveira – Assessoria de Imprensa do BNI Planalto Paulista

Quer saber mais sobre Storytelling? Ouça o podcast na íntegra com a entrevista de Max Franco, acessando o portal programaumaum.com.br


Obrigado Max Franco!

Clique aqui para comentar essa entrevista no LinkedIn do Max Franco!


Referências e dicas mencionadas neste episódio

PATROCINADORES

BNI Planalto Paulista

Faça mais negócios por meio do networking profissional com a expertise do BNI, a maior organização de marketing por networking do mundo.

Saiba mais sobre o BNI no SITE ou nas redes sociais como FACEBOOK, INSTAGRAM e LINKEDIN.

MTC Telecom

Com mais de 20 anos de experiência, a MTC Telecom é uma empresa especializada em produtos e serviços de tecnologia.

Saiba mais sobre a MTC Telecom no SITE ou nas redes sociais da empresa FACEBOOK, INSTAGRAM e LINKEDIN.

Quer saber mais sobre como aumentar seu negócio por meio do networking profissional?

Preencha o formulário abaixo que um de nossos Diretores entrará em contato com você.

Nome* CPF*
E-Mail* (DDD) + Celular(WhatsApp)*
Cidade*
Empresa*

Especialidade de Atuação*